Weby shortcut
Nota solidariedade

Nota de solidariedade

Ao Prof. Luis Felipe Miguel (UnB)

Nota de solidariedade

Os/as docentes do Programa de Pós-graduação em Ciência Política da Universidade Federal de Goiás manifestam sua solidariedade à Universidade de Brasília e ao docente Luis Felipe Miguel, em face do ato antidemocrático e inconstitucional concernente ao acionamento dos órgãos de controle, pelo Ministro da Educação, contra o conteúdo disciplinar de matéria ofertada no curso de graduação em Ciência Política daquela instituição.

A Constituição da República é inequívoca ao prescrever, em seu artigo 207, a autonomia didático-científica das Universidades. O Ministro de Estado, ao imiscuir-se na seara do conteúdo acadêmico de um componente curricular, viola o texto constitucional, ameaça o caráter plural e democrático do ensino público superior brasileiro, atua em descompasso com o que define a atividade científica em países democráticos e inviabiliza o rigor epistêmico do campo acadêmico da ciência política.

Enquanto os grandes centros de excelência global em nossa área do saber têm publicado produções intelectuais e albergado disciplinas sobre o tema do declínio do regime democrático nos países em que estão sediados - como ocorre na Universidade de Harvard, na Universidade de Berkeley e no Instituto Max Planck - o acionamento dos órgãos de controle contra semelhante prática no Brasil encerra uma prática ocorrente apenas em nações autocráticas, o que enseja o nosso veemente repúdio, aqui manifestado.

Clique aqui para ler a nota de repúdio da Associação Brasileira de Ciência Política e aqui para ler a nota de repúdio da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política.

Listar Todas Voltar